REPORTV

ENSAIOS SOBRE O FIM DO MUNDO
REPORTV
28min 49s - publicado há 7 meses
“Ensaios Sobre o Fim do Mundo” é uma excepção à regra elitista do mundo do râguebi português, dominado por clubes históricos, famílias influentes e endinheiradas. Há 9 anos, a Escolinha de Rugby da Galiza decidiu pegar num velho sonho e plantou uma bola oval num dos bairros mais problemáticos do país. O Bairro do Fim do Mundo, situado no Vale da Galiza, já chegou a ser uma encosta com cerca de 500 barracas, já foi um dos principais centros do tráfico de droga do concelho de Cascais e já teve pior fama. Hoje, as barracas e a droga perderam expressão, mas ainda resistem dezenas de famílias a viver em condições miseráveis. Há 32 anos, com o nascimento do ATL da Galiza nasceu também o refúgio para os filhos do bairro e a valência da Santa Casa da Misericórdia de Cascais comoveu o mundo do râguebi com a criação de um novo clube dedicado à modalidade. São 50 miúdos, dos 5 aos 14 anos, no extremo oposto social, cultural e financeiro dos miúdos do Belenenses, Agronomia, Direito ou CDUL, mas que partilham a mesma paixão pelo râguebi. E que precisaram apenas de um ano para vencerem os melhores e mais antigos clubes do país. O REPORTV desta semana é sobre o Telmo, guineense de 10 anos que ainda vive numa das poucas barracas que restam no Fim do Mundo. É sobre o Álvaro, 9 anos, um dos mais novos membros da primeira família de etnia cigana do bairro e que sonha ser jogador profissional de râguebi. É a história da Maria, 50 anos, fundadora e a alma do ATL da Galiza. «Ensaios Sobre o Fim do Mundo» é a história fascinante de um clube sem condições financeiras, mas com dignidade e uma vontade sem limites, que começa bem antes do sucesso mediático dos Lobos no Mundial de França.